Passo 5 – Visual: a “porta de entrada” para o conteúdo

Publicado em 25/05/21

Tão importante quanto o quê e como você vai falar com o seu público, é a apresentação desse conteúdo.

O visual de toda a sua comunicação, do logo da empresa à embalagem, passando pelo site, identidade dos perfis nas redes sociais, e-mail marketing, mensagens de WhatsApp, enfim, tudo o que chega ao público externo e interno precisa estar alinhado e traduzir a estratégia e o posicionamento da marca.

Esse alinhamento transmite confiança ao cliente e aos prospects (clientes potenciais) e a percepção de organização, eficiência e competência no que faz.

Por isso, é essencial investir, desde o início, na criação de uma marca cujo conceito remeta aos valores e ao seu core business. A partir de uma marca bem construída, fica muito mais fácil gerar peças e conteúdos para todo tipo de comunicação, seja ela impressa ou digital.

Lembrando que o visual é sempre a “porta de entrada” para a leitura de um texto, principalmente nas mídias sociais, ambiente que nos bombardeia a cada segundo com uma quantidade imensa de informações, fotos, vídeos e sons.

Uma arte bem feita, bonita e atrativa é meio caminho andado para a leitura e para o engajamento!

Aqui, vale a mesma recomendação feita no Passo 4:  busque o apoio de profissionais para a produção das artes e dos textos. Eles terão a preocupação em manter uma identidade visual e de linguagem adequada à sua marca e às suas estratégias. Não é recomendado delegar essa tarefa a pessoas não especializadas, mesmo que elas sejam super gabaritadas nas áreas técnicas em que atuam, dentro da sua empresa, ou ainda, que sejam hábeis na utilização de softwares de criação de peças de comunicação. Você corre o risco de perder a credibilidade da sua marca por problemas alheios ao seu negócio como, por exemplo, um erro de gramática ou ortografia no texto do post, ou uma arte em desacordo com a sua identidade visual.